A ansiedade que antecede ao momento de criar

* A diminuição súbita (geral) da energia de um sistema e todas as funções que dele dependem;
* O propalado "efeito dominó" e sua condição mais extrema: o colapso;
* A debilidade repentina das ações, adinamia de ritmo, queda do poder e forças, um momento ômega.

Scribere
Faço dos sinais gráficos, que conheço, os meus representantes. Desembaraçando os caracteres, leio-os, de viva voz. Minha expressão é redigida em linhas incompletas de palavras. A composição de letras dirigidas para registrar meu sonho literário. Escrevo, porque amo.


LuhanaSP

sábado, 2 de outubro de 2010

Uma vida a menos

Uma antiga lenda popularizou que os gatos possuem sete vidas. Uma fama que deve ser consequência dos seus admiráveis feitos, pois, nossos amigos felinos exercitam a agilidade com maestria e sempre caem de pé.
Tantas vidas têm um significado místico em diversas culturas e religiões. Desde o Antigo Egito os bichanos vivem envoltos em uma aura de mistério.
Na cabala, o sete é um dos algarismos de maior potência mágica, representa a vida e a abundância.

Nós humanos temos apenas uma vida e vivê-la é um desafio grandioso em todos os seus movimentos. Não podemos subestimar a simples atitude de atravessar a rua, pois em todas as direções existem riscos.
Aos que decidiram, e decidem, todos os dias, ter longevidade e qualidade de vida, é imperioso manter a clareza na análise das situações (até as mais corriqueiras) para decidir o que é mais importante.

A auto-preservação requer o equilíbrio entre a ansiedade e a prudência. Para não perder um segundo, não devemos, jamais, arriscar a própria vida...

No momento em que a vida passa por um fio é mais sábio reconsiderar e utilizar a faixa de pedestres.
(Ufa! Foi por pouco)

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Aprecie sem moderação