A ansiedade que antecede ao momento de criar

* A diminuição súbita (geral) da energia de um sistema e todas as funções que dele dependem;
* O propalado "efeito dominó" e sua condição mais extrema: o colapso;
* A debilidade repentina das ações, adinamia de ritmo, queda do poder e forças, um momento ômega.

Scribere
Faço dos sinais gráficos, que conheço, os meus representantes. Desembaraçando os caracteres, leio-os, de viva voz. Minha expressão é redigida em linhas incompletas de palavras. A composição de letras dirigidas para registrar meu sonho literário. Escrevo, porque amo.


LuhanaSP

domingo, 10 de julho de 2011

Desarquivando

Arquivo I:

A minha relação com as agendas não é muito boa. Até esta data, não consegui mantê-las atualizadas e organizadas.

Oi organização, tudo bem? Quero avizinhar-me de ti e pedir a especial deferência de apresentar-me a disciplina (quero ser amiga de vocês). Por favor, desconsidere os meus antecedentes. Prometo ser uma boa menina.

Arquivo II:

O caos empilhado faz sombra à minha coragem.
E agora?
Nenhuma cronologia resiste. As gavetas revelam-se vazias e esperam o regresso do conteúdo espalhado, escondido, perdido, entre palavras e pensamentos.
Oh, Tempo! Por que passas apressado, levando o que eu ainda não sei?
Repetição padrão, de mim mesma.
Desordem equivocada...

Arquivo III - Dia & Noite:

Emaranhados os caminhos, apertam os nós. Antes do desenrolar natural, temos a confusão dos acessos e vias de difícil decodificação.
Qual direção evitará o risco das perdas? Perder o referencial "eu mesmo", entrar em rota de colisão das expectativas frustadas e, principalmente, contemplar o fúnebre adeus dos sonhos desacreditados, abortados e esquecidos?
Nos momentos em que o reflexo do espelho não é mais o seu, a sinalização ambígua do destino será incapaz de indicar quando você se perdeu.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Aprecie sem moderação